sexta-feira, 17 de agosto de 2018

DELÍRIO REAL










Olhando a chuva que cai,
Teu rosto se afigura
Somente nos pensamentos
Da mente em devaneios.

Os pingos molham os cabelos,
A face, embebem os lábios,
Descendo para o seu corpo,
Encharcando o vestuário.

Silhueta se desenha,
Qual visão de uma diva,
E que aos olhos meus
Mais perfeita não havia.

Os cabelos desgrenhados
Molduravam o rosto meigo,
E o sorriso leve e franco
A dizer que eu sou o tanto
De amor que a protege,
Que a envolve e que merece,
Suficiente  a retratar
Essa espécie de visão
Que estou a contemplar.

Mas, para a minha felicidade,
Ela é realidade,
E ao meu lado está!
(Eneida D M)


terça-feira, 7 de agosto de 2018

SEM HESITAR



Unge-me Espírito Santo,
Unge-me com seu ardor,
Unge-me com sua paz,
Unge-me com seu amor!

Quero ser livre na vida,
Também ter sabedoria
Na humildade, que é fonte
De convivência sadia,
Pois um se render ao outro
É amor que gratifica.

Para que isso aconteça,
É preciso aceitação
De se permanecer pequeno,
Sem nenhuma hesitação,
Porque o orgulhoso amarga
As sandices da razão.

Ser livre é ter consciência
De dar o melhor de si,
Seja nos momentos fáceis,
Nos difíceis ou ruins,
Porque a voz que liberta
É a que fala ao coração,
Território que deve ser
O termômetro da dação!

Unge-me Espírito Santo,
Unge-me com seu ardor,
Unge-me com sua paz,
Unge-me com seu amor!
(Eneida D M)




segunda-feira, 6 de agosto de 2018

A ARTE DE ESPERAR












Aguardando o amanhã,
Continuo a esperar
O amor por mim sonhado,
Demore o tanto que demorar.

Sonho que seja puro,
Tranquilo e de muita paz,
E que seja revestido
Da maturidade que compraz.

Que chegue suave, sem tumulto,
Fazendo o coração aquecer;
Nos lábios, o sorriso abrir;
Nas atitudes, o amor aparecer,
Buscando só a nobreza,
Que a alma deve ter:
A missão de um acompanhar o outro,
Fazendo na vida um jardim florescer.

Espera sem data ou certeza,
Mas que gera no coração
Uma alegria irrestrita,
Um prévio celebrar são.
E o dia após dia é vivido,
Alimentado com o amor já contido
Na essência da minha emoção!  
  

(Eneida D M) 
Musicado por Fernando Luna
Youtube, canal "um convite ao mundo da poesia"


domingo, 5 de agosto de 2018

JOÃO PESSOA

                                                                       
                         
O verde a arrodeia toda,
O mar a abraça também,
O casario bonito e as suas igrejas
Nos reportam a um tempo aquém.

A conheci já adulta,
Aos quatrocentos anos de idade,
Me apaixonei por encanto
Com toda a realidade.

Mas a festa começou
Quando meus olhos fixaram
As luzes daquela fonte
Na lagoa da cidade.

A ilha é toda bela,
Os peixes nadam com prazer,
Porque lá, no picãozinho,
O fundo do mar se vê.

A cidade tem indústrias,
Também muitos tribunais,
Mas o que a identifica
É o que nela o sol faz.

Aqui o sol nasce primeiro,
Encantando os que madrugam,
Sem perturbar quem não quer,
E depois vai se encantar,
Na paradisíaca Jacaré.

Aqui assentei morada,
Aqui sou muito feliz,
Aqui as portas se abrem
Àqueles que buscam e fazem.

Tem caminhos sem atalhos
E muitas capacidades
Dos filhos da própria terra,
Que, entre poetas e gestores,
No cenário nacional se destacam
Com gabardia e louvores.

(Eneida D M) 





terça-feira, 31 de julho de 2018

O BELO DA FOTOGRAFIA!

Exposição de belas fotografias pela lente da competente fotógrafa ZIZI SEABRA! 
Vale a pena conferir!
Zizi Seabra
                                                                 


























terça-feira, 24 de julho de 2018

PARABÉNS, SUELENA!


                                                S U E L E N A



Serena como uma flor na primavera
Unica aos olhos do Pai
Elegante sempre nas suas ações
Leveza que agrega o ser
Encantando e apaixonando os seus
Nascida para Deus
Atenta aos ensinamentos que Ele lhe proveu.

                                                                                                                         (Eneida D M)


sexta-feira, 20 de julho de 2018

AOS AMIGOS!






Aos amigos desejo o melhor,
quero que saibam que estou sempre aqui,
e se um dia de mim precisar,
estarei sempre cordial a servir.

Aos amigos desejo luz,
a vitória, a conquista dos sonhos,
materializando ou sentindo no humano
tudo aquilo que de si reluz!

Aos amigos desejo paciência,
na espera de seus quereres,
para a construção abalizada,
e depois, a realização almejada.

Aos amigos desejo sabedoria,
o que dá o tom a nossa alegria
vem do alto, se instala e fortalece,
atitudes nobres que nos engrandecem!

Aos amigos desejo o simples,
o que liberta e dá leveza,
deixando a vida fluir
com muita harmonia e beleza.

Aos amigos desejo saúde,
para viabilizar o agir
com empenho, disposição e afinco,
agradecendo as emoções do porvir!

Aos amigos desejo que contemplem a natureza,
reguem as  flores e olhem as estrelas,
que seus pés adentrem ao mar,
e que tudo isso repasse um suspirar.

Porque só desejo aos amigos?
Porque inimigos não tenho,
e envolvo toda a humanidade
numa irmandade que almejo!
(Eneida D M)