sexta-feira, 20 de setembro de 2019

UMA MANHÃ



Desponta o amanhecer brilhante,
chamando para novo caminhar,
renovando na cabeça os sonhos
que todos os dias vivemos a sonhar.

Sonhar que o bem se concretize,
que o amor volte a amar,
ou, por vezes,
que venha o amor se encontrar.

O céu, com nuvens cinza e prata,
prateia o mar que observa
infinitas possibilidades que a cada um,
generosamente, a vida reserva.

Coqueiros se balançam frondosos,
animando com movimentos graciosos,
como a ensinar a gente
que a atitude é que nos faz vitoriosos!


#EneidaDiasDeMiranda
#APoéticaVivênciaDoSer!

quinta-feira, 19 de setembro de 2019

AMIGO


Amigos chegam como pólen,
Às vezes são transportados,
Outras trazidos pelo vento.
Não importa como cheguem,
Qualquer que seja o modo,
Nem se cogita o momento,
Se é cedo ou se é tarde,
Porque o que prevalece
É o seu estabelecimento.

Uma vez fecundada a semente,
Vem a fase de crescimento,
Essa demanda cuidado,
Cuidado que encanta,
Que robustece, viceja,
E se traduz na atenção,
No amor e na confiança.

Se não temos tempo ou coragem
Para se tornar amigo,
Melhor é nem provocar,
Deixar o dito pelo não dito,
Para não correr o risco
De gerar desdobramentos
Que venham causar desgostos,
Ou corações descrentes.
Porque uma coisa é certa:
No mundo existe amor,
Porém o seu desabrochar
Está na vontade do autor!

#EneidaDiasdeMiranda
#APoéticaVivênciaDoSer! #olivro

sexta-feira, 13 de setembro de 2019

AMAR, PARA MIM


Amar, para mim,
é não ter dia ruim,
é sempre achar bom o acordar,
é saber que Você existe para me cuidar.


Amar, para mim,
é ver poesia em tudo,
é olhar com alegria o sol,
é ouvir sinfonia no vento,
é viver num eterno contentamento.


Amar, para mim,
é olhar um céu bem nublado,
é ver a chuva molhando o telhado,
é assistir o florescer na terra,
é constatar que a natureza é bela.


Amar, para mim,
é viver a vida real,
é compreender que a vida é processual,
é entender que o bem vence o mal,
é aceitar o tempo divinal.


Amar, para mim,
é sorrir com constância,
é suportar as distâncias,
é superar os obstáculos,
é controlar a insegurança.


Amar, para mim,
é se alegrar com a vitória do outro,
é sempre achar que ainda faz pouco,
é partilhar a conquista alheia,
é ser o bom acender da centelha.


Amar, para mim,
é orientar com equilíbrio,
é não deixar para depois,
é nunca ser omisso,
é aceitar o não aceito isso.


Amar, para mim,
é ter disposição,
é sempre se socorrer do coração,
é saber dizer não,
é disciplinar-se para construção.


Amar, para mim,
é falar com ternura,
é tocar com carinho,
é sorrir com doçura,
é chorar junto nas desventuras.


Amar, para mim,
é olhar com misericórdia,
é buscar sempre a concórdia,
é no lugar do outro se colocar,
é deixar a humanidade aflorar! 

#EneidaDiasDeMiranda
#APoéticaVivênciaDoSer! #olivro




quinta-feira, 12 de setembro de 2019

A SIMPLICIDADE


Já dizem os mais sábios,
Com elevada maestria,
Que a simplicidade
É quesito de destaque
Na matéria sabedoria.

Com ela somos autênticos,
Tranquilos e bem naturais,
Não incomoda os que ostentam
Ou os que falam demais;
É estado de contemplação,
E, nela, todo menos é mais.

Ser simples é simplificar
O peso da vida, que é efêmera,
Dando-lhe colorido tom,
Relativizando as coisas terrenas,
Atestando que o surpreendente
Nem sempre é a essência da cena.


E temos que o alimento
Que nutre a simplicidade
É um olhar bem dirigido,
Sem questões e sem maldades,
Do natural não se afasta, não
Elegendo como norte
O que capta o coração!

#EneidaDiasDeMiranda
#APoéticaVivênciaDoSer! #olivro

terça-feira, 10 de setembro de 2019

AVISO DAS ESTRELAS






Avisem lá, estrelas, avisem
Àquele coração desavisado
Que o sentimento brotante
É forte, promissor e imensurável.

Como saber estrelas,
Como saber que é assim?
Inícios não denotam certezas,
Mas há amor de alma afim,
Daqueles que quando surgem
Já sabem que o céu disse sim.
Não existem pruridos ou choros,
Desconfiança passa ao largo,
Coração está bem preenchido,
Pra coisas vãs não abre espaço.


Avisem lá, estrelas, avisem,
Que quando o dia amanhecer
O sol brilhará altaneiro
Ou a chuva cairá
Para regar esse amor,
E na natureza o encaixar.

Faz parte do florescer
De tudo que é bom e há.


Avisem lá, estrelas, avisem,
E ajudem a internalizar
Que amor de tal estirpe
Não se deve desprezar,
Às vezes dura uma eternidade
Para ele aflorar!

#EneidaDiasDeMiranda
#APoéticaVivênciaDoSer! #olivro